Translate The Blog - Click Here / Traduza o Blog - Clique Aqui

sábado, 11 de janeiro de 2014

Confiança: A Base das Marcas Fortes




Por Maurício A Costa*


“Construir marcas fortes implica encarar o desconhecido, enfrentar novos desafios: Sair do lugar comum com determinação e ousadia, que exige criatividade e coragem para correr riscos; entusiasmo e autoconfiança para transferir credibilidade” (O Mentor Virtual – Pág. 170 – Editora Komedi – Campinas-SP – 2008).
________________________________

A palavra mágica embutida na mensagem que abre este texto é confiança; síntese de valores como coragem, determinação, criatividade, ousadia, entusiasmo e persistência; a estimulante e otimista certeza que transfere credibilidade: ponto de apoio para a edificação de qualquer marca, seja ela corporativa ou comercial, e mais especialmente a marca pessoal, que é força motriz das demais. Confiança implica postura solene diante de todas as expectativas, ainda que adversas. Exige comprometimento e acima de tudo unidade de pensamento e ação de todos os envolvidos com a sua construção. Sem isso, uma marca jamais passará de um simples nome; será algo sem conteúdo ou conceito definido, sem significado, sem alma e sem futuro previsível; e seus atônitos arquitetos e construtores serão como frustradas gaivotas perdidas em um oceano de possibilidades. 

A construção de uma marca é uma batalha. Um duelo onde os maiores inimigos não estão lá fora como muitos podem julgar. Eles estão com certeza, nas entranhas do empreendimento, ou seja, nas pessoas ligadas à sua construção, como imperceptíveis adversários disfarçados sob a forma de ceticismo (falta de crença no propósito), ou de poderosos paradigmas (limitações moldadas por frustrações do passado); e o pior deles, atua sorrateiramente sob o disfarce de paralisantes fantasmas como o medo e a insegurança a minar energia de seus passivos hospedeiros. Todos, inimigos íntimos, que nos acompanham vinte e quatro horas por dia, até mesmo enquanto dormimos. Aliás, é nesses momentos, enquanto nosso consciente está momentaneamente desligado que essas corrosivas forças mais atuam, pois brotam de escuros porões do subconsciente, por onde viajaram ao longo de milhões de anos, através de sucessivas gerações, na figura de nossos ancestrais, minando despreparados seres humanos que subestimam a importância da luta por livrar-se de uma escravidão que inconscientemente os aprisiona.

Vencer inimigos íntimos, entretanto, não depende apenas de coragem ou determinação. A confiança necessita estar sustentada pelo extraordinário poder onipresente, da sabedoria, pois se trata de uma batalha pessoal; imperceptível, imprevisível e intransferível. A sabedoria está na energia que impulsiona a vontade. Na força que opera o querer e o realizar. Essa potência é a fonte que gera a confiança, capaz de produzir inexplicáveis 'fenômenos' naturais para os quais estamos todos aptos, sem exceção. Um poder acessível a qualquer um que se proponha despertá-lo dentro de si mesmo. “Sabedoria não é algo que serve para um e não serve para outro. Tampouco é uma colcha de retalhos que cresce à medida que qualquer um de nós vá inventando ou acrescentando algo novo. Ela é universal. Poderosa e única. Pode ser acessada por qualquer um em qualquer lugar do planeta, a qualquer momento. Simultaneamente! – Ela não depende de você; é você quem depende dela. Não é você quem a completa, porque ela já é completa em si mesma. Você apenas a detecta e aos poucos vai descobrindo como ela se encaixa na sua vida e no seu limitado conhecimento. E, a partir dessa fusão, sua vida e todos os seus parâmetros mudam completamente, de maneira surpreendente”; ensina ‘O Mentor Virtual’. 

A confiança é a pedra fundamental de uma marca forte, e seus alicerces estão baseados na sabedoria que permeia todos os elementos que direta ou indiretamente definem o processo de construção da própria vida. É ela a força invisível que move montanhas, que implode paradigmas e que produz sem qualquer efeito sobrenatural o 'milagre' da superação de qualquer desafio. As religiões a chamam de fé. A crença que revela força e poder em sua plenitude, por meio daquele que sem reservas nela se integra e a aciona sem reservas.   

A reputação de uma marca, seja ela corporativa ou pessoal, é algo conquistado a partir do grau de credibilidade que estabelece, por conta da confiabilidade transferida pelos inúmeros agentes que a componham. Com base nisso, podemos afirmar com segurança que, uma marca forte resulta não apenas de um conceito claro, bem definido na mente e no coração do seu público alvo, mas essencialmente da força nela impregnada pela marca individual de cada ser humano que lhe dá corpo. As empresas que acreditarem na importância de contar com equipes energizadas pela confiança em si mesmo e no projeto do qual participam estarão prontas para vencer os desafios impostos pela incerteza dos mares vermelhos por onde navega a grande maioria, nos dias atuais. Aposte nisso.

__________________________________________ 

*Maurício A Costa é um obcecado por resultados, gerado pelo pensamento estratégico, focado em gente, inovação, e criação de valor agregado. Executivo com experiência internacional em empresas como a Kimberly Clark, Grupo Gerdau, Grupo Grendene/Vulcabrás e o Grupo Tecnol (Atual Luxottica); está disponível para participar da construção de marcas fortes, em organizações sérias, interessadas na identificação de novas oportunidades, na superação de desafios, e na melhoraria de resultados e rentabilidade.
No plano pessoal, é o idealizador do Projeto Mentor Virtual; organização comprometida com o despertar da consciência humana, a valorização da vida e o apoio à construção da marca pessoal. Suas palestras, seminários e workshop - presenciais, 'in-company', ou por vídeo conferência - estão disponíveis, sob consulta, para associações, universidades, escolas, ou empresas em qualquer região ou país, e poderão mudar a sua visão do mundo, e alavancar o potencial de sua equipe. Disponível também para atuar como 'Conselheiro' para Empresas, Empreendedores ou Executivos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não esqueça de deixar aqui as marcas de sua passagem...
Seus comentários serão sempre bem vindos.