Translate The Blog - Click Here / Traduza o Blog - Clique Aqui

sexta-feira, 25 de março de 2011

Futuro. Um Lugar Incerto.



Por Maurício A Costa*


"Angústia e inquietude resultam da insegurança de uma mente entretida com pensamentos fúteis. Ao preenchermos nossa vida com tarefas desafiadoras, experienciamos a beleza do hoje, desprendidos de amarras do passado e da ansiedade de um futuro que sequer sabemos se iremos conhecer". (Mauricio A Costa, em diálogos no Facebook - Reflexões para 'O Mentor Virtual II' - O Elo Invisível - Em Gestação).

_________________________

Nos últimos tempos, como resultado da minha experiência virtual viajando pelos desconhecidos e inusitados caminhos das mídias sociais, tenho sido questionado diariamente por um significativo número de pessoas em busca de respostas, para coisas que nem sempre sabem perguntar. Maravilhosos seres humanos, angustiados por perdas do passado, impotência diante dos extraordinários desafios do presente, ou inseguros com relação ao futuro.

Como diz o querido Rubem Alves, em seu livro 'Do Universo à Jabuticaba': "Aqui e agora ouço o canto do bem-te-vi. Aqui e agora estou vendo as copas das árvores movidas pelo vento. Aqui e agora estou sentindo um cheiro bom de pão saído do forno. Aqui e agora ouço o riso das crianças que brincam. Sempre aqui e agora. Porque é no aqui e no agora que nossa vida está acontecendo". Todos nós temos consciência disso que o Rubem carinhosamente nos fala, mas ainda assim, com frequência esquecemos de uma lição tão singela e apropriada como essa, do mestre das palavras.

O maior de todos os equívocos da humanidade é colocar sua felicidade em momentos que já se foram, ou construir expectativas sobre um futuro que ainda não chegou, deixando para o presente apenas um pálido espaço. Desperdiçamos boa parte do nosso tempo com divagações inúteis que a nada conduzem e nos perdemos em ilusórios labirintos construídos por uma mente fértil em construir cenários estapafúrdios ou ameaçadores. Quando não estamos a olhar para trás, lamentando equívocos, incoerências e distrações, nos flagramos jogando fora o melhor de nossas vidas a construir castelos de areia, ou assustados com fantasmas gerados por complexas imagens que brotam assustadoramente do nosso mais profundo inconsciente.

Conheci certa vez um grande empresário; homem maduro de idade avançada, bastante afortunado, líder de uma legião de empregados; e senhor absoluto de seus atos. Em resumo, alguém dono do próprio nariz. Sua fortuna, entretanto, não era compatível com sua felicidade; seu dinheiro não havia comprado a paz e alegria de viver. Havia se tornado um solitário, isolado na torre do poder. Distante de tudo e de todos era um semi-deus à vista daqueles que por ele nutriam apavorante temor reverencial, o respeito que deriva do medo. Quando me contratou como seu Consultor, me pedia para que nossos encontros fossem sempre fora da empresa, pois não queria que nenhum de seus empregados o vissem buscando ajuda. Afinal a expressão 'pedir ajuda' não fazia parte do seu vocabulário. Achava que não precisava da ajuda de ninguém. Ele se bastava. Paradoxalmente, no entanto, por ter um grande coração, fazia-lhe bem a sensação de ajudar outros. Não media esforços nesse sentido. Pagava-me uma fortuna para escutá-lo, mas não estava disposto a escutar quem quer que fosse.

Passado algum tempo, com muito tato e paciência, fui aos poucos conquistando sua confiança e abrindo vagarosamente aquele coração endurecido pela brutalidade do poder. De dentro da sua alma era perceptível brotar expressões carregadas de desilusão com pessoas à sua volta. Executivos desleais ou incompetentes. Mulheres vazias, interessadas apenas no luxo, conforto e segurança que o dinheiro propicia. Amigos de fachada, que no fundo não o respeitavam. Até que certo dia, de forma honesta consigo mesmo desabafou: "Sabe, Mauricio, eu não me arrependo de nada que fiz até hoje, mas sinto que fiz a coisa da maneira errada. Lutei a minha vida inteira para satisfazer meu ego, e percebo agora que esqueci da minha alma. Tenho tudo, e não tenho nada. Nem mesmo fui capaz de construir meu substituto para as empresas. Fui tão apegado ao poder que jamais pensei em abrir mão do controle dos meus negócios. Hoje estou velho e já não tenho mais tempo ou disposição para isso. Por isso quero que me ajude a encontrar uma saída". Seus olhos estavam totalmente tomado por lágrimas quando finalizou a frase. Diante dele, naquele momento, eu me sentia pequeno, e um pouco desconcertado por sua franqueza repentina e mais ainda, por seu pedido de ajuda. Mas estava certo de que faria qualquer coisa para ajudar aquele peregrino que, mesmo tardiamente, se descobria. 

Contive a emoção, respirei fundo e respondi taxativo: 'Venda sua empresa já. Aplique o que julgar conveniente em alguma fundação social ou algo parecido, e vá viver o restante de seus dias de acordo com o que pede seu coração. Não fique nem mais um minuto na direção contrária ao vento que vem de dentro da sua alma'. Nesse momento, meio de improviso, citei sob a forma de um insight, uma frase que viria anos mais tarde se tornar um dos meus textos favoritos no livro 'O Mentor Virtual': Meu caro amigo,  "Você é capaz de criar tantas realidades quantas queira, a partir do nada", (Pág. 180). Agora chegou a hora de realizar seu grande sonho, o sonho latente que traz na alma. Essa será, sem dúvida, a maior de todas as suas conquistas.

Ao final desse inusitado diálogo, nos abraçamos efusivamente e despedi-me com a certeza de que havia presenciado um dos maiores rituais de passagem da minha vida. A sensação de ver o escravo que abandona corajosamente a escuridão de uma mente opressora que durante anos havia aprisionado o que de mais belo aquele ser humano carregava consigo. Fora alvo de suas próprias armadilhas, mas agora tinha a liberdade ao alcance de suas mãos. Uma simples decisão e tudo poderia mudar para sempre. Livres das próprias amarras para dar asas à sua alma, e descobrir aquilo que realmente lhe faria bem. 

Rubem Alves e Mauricio A Costa
É grandioso descobrir de maneira serena, que o futuro não está no ilusório céu de todas as fantasias. O futuro que desenhamos é apenas um lugar incerto, onde não sabemos se um dia poderemos estar. O presente é dádiva. É a intensidade do efêmero momento que nos permite penetrar a eternidade no mais frágil instante de consciência em que percebemos o leve pulsar da vida, nas mais simples coisas à nossa volta; pois como aprendi com o sábio e insuperável Rubem Alves, 'não há nada além do agora'.

Não permita que ninguém decida o seu destino. Só a você cabe escrever sua história. Tampouco, ignore a poderosa voz que vem de dentro. É fundamental viver cada minuto com a consciência da irreversibilidade do tempo, e transformá-lo em um momento mágico que não se repete. ”Somos todos personagens de uma lenda que não termina jamais. Não há antes nem haverá depois. Apenas um agora que se eterniza através dos tempos" (‘O Mentor Virtual’ – Pág. 264 – Editora Komedi – Campinas-SP – 2008).

________________________________________________

*Maurício A Costa é um obcecado por resultados, gerado pelo pensamento estratégico, focado em gente, inovação, e criação de valor agregado. Executivo com experiência internacional em empresas como a Kimberly Clark, Grupo Gerdau, Grupo Grendene/Vulcabrás e o Grupo Tecnol (Atual Luxottica); está disponível para participar da construção de marcas fortes, em organizações sérias, interessadas na identificação de novas oportunidades, na superação de desafios, e na melhoraria de resultados e rentabilidade. No plano pessoal, é o idealizador do Projeto Mentor Virtual; organização comprometida com o despertar da consciência humana, a valorização da vida e o apoio à construção da marca pessoal. Suas palestras, seminários e workshop - presenciais, 'in-company', ou por vídeo conferência - estão disponíveis, sob consulta, para associações, universidades, escolas, ou empresas em qualquer região ou país, e poderão mudar a sua visão do mundo, e alavancar o potencial de sua equipe. Disponível também para atuar como 'Conselheiro' para Empresas, Empreendedores ou Executivos.
Contatos: mauriciocosta@uol.com.br
_____________________________________________

14 comentários:

  1. Maria do Carmo Linsmarço 25, 2011

    Maurício...mais uma vez agradeço suas palavras que só engrandecem minha vida...tento viver dessa forma... presente... o passado mesmo que tenha tido perdas irreparáveis... acredito fazer parte do crescimento de minha alma... e o futuro deixo sempre nas mãos de Deus... não sabendo do que me espera visto que já tive várias situações que mostram realmente que não temos poder nenhum em nossas mãos...procuro viver intensamente minha vida... não só resolvendo as pendências e compromissos... mas simplesmente Vivendo de forma a deixar que as coisas aconteçam naturalmente... um grande abraço e estarei sempre aqui se Deus quiser acompanhando o seu pensamento... Maria do Carmo Lins

    ResponderExcluir
  2. Oiee meu anjo!!!
    Somos meros mortais, nunca sabemos o que fazemos temos que ter um guia uma pessoa como você para nós dar uma luz neste mundo obscuro que criamos. nossos fantasmas e fetiches. Nos não queremos mas "ser" o nosso verbo se tornou o "ter".. A via é simples nós é que complicamos !!!! Ainda bem que temos você para nós ajudar... Otimo Final de semana bjs

    ResponderExcluir
  3. Quando as pessoas questionam em buscam de respostas que precisam e não alcançam gerando ansiedade e até mesmo doenças da alma. As respostas para nossas questões são INTERNAS e não EXTERNAS e qto mais buscamos, mais 'perdidos' nos tornamos, mas é exatamente nessa busca que nos ENCONTRAMOS, faz parte da 'trilha' dos nossos caminhos, das nossas ESCOLHAS. Não quero essa 'permissão' na idade avançada, acredito que posso fazer HOJE, AGORA, NO MOMENTO PRESENTE.
    Maurício, parabéns pela matéria é atualíssima!
    Abs fraternos!

    ResponderExcluir
  4. Mauricio, o que mais admiro em você, é a tua capacidade de 'transformar', com tuas palavras: pesadelos, em doces sonhos; mares bravios, em serenos lagos; vendavais, em belos arco-íris; injúrias, em doces poesias. Enfim, mais uma vez, levou-me às lágrimas!
    Há que se cuidar da vida, 'agora'; o 'ontem' já se foi... o 'amanhã', eu ainda vou escrever...
    Abçs. carinhosos

    ResponderExcluir
  5. Ao ler esse brilhante e motivador texto numa linda manhã primaveril, sentindo tudo isso, o perfume das flores, o canto dos pássaros, o barulho encantador das crianças, capto o quão deslumbrante é o viver e sentir o agora.
    As correntes do passado nos arrastam vida afora nos levando a viver um dia a dia numa inércia catatônica.
    Temos essa estranha esperança preenchendo todo nosso coração, nossos dias, temos essa estranha esperança de que amanhã tudo será melhor, que novos e revigorantes eventos realizarão nossos sonhos.
    Pouco percebemos que se nada fizermos agora, nada acontecerá adiante, e seguimos passo a passo no mesmo passo.
    Caríssimo Maurício, que tenhamos fortaleza de viver intensamente o agora projetando a felicidade e a realização de nossos sonhos no futuro.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Mauricio,muito prazer em conhece-lo,já favoritei esse blog,vou procurar seu livro pra ler,pq diante do que li aqui nesse post seu, vejo que vc tem muita sensíbilidade e que portanto tem muito a crescentar,à nossa visão da vida.
    Esse post vai de encontro e ao que penso,e com certeza vai clarear muito a visão dos que estiverem dispostos a entender essa sua mensagem.
    Quanto ao vídeo,belissimas imagens,as quais as palavras são desnescessarias.Essa citação descreve o que quero dizer.

    "Existem momentos na vida...
    em que as palavras perdem
    o sentido ou parecem inúteis,
    e por mais que a gente pense
    numa forma de empregá-las
    elas parecem não servir,
    então...melhor é não dizer nada,
    apenas sentir..."
    Desconhecido

    ResponderExcluir
  7. ...quando temos um sonho e por conseguinte atendemos o apelo do nosso coração, exercitamos a nossa Fé!Tanto mais sentido passa a ter a nossa vida!Obrigada por mais este texto!Andréa

    ResponderExcluir
  8. Olá, Maurício!
    Mais uma vez excelente!
    Curiosamente, durante esta semana, participei de algumas palestras motivacionais. Em uma delas, foi- nos apresentado um "Video" cujo tema é: Tempo 86.400 segundos ( é possível encontra-ló no youtube ). O texto foca a preciosidade do tempo presente e como é relativo, dependendo da situação (exemplo do texto: quer saber quanto vale um segundo? Pergunte ao medalhista de prata numa Olímpiada...). Aquele vídeo, o texto, o seu artigo me abriram o pensamento!
    O passado ficou, mas devemos nos servir dele para lapidar-nos. O futuro não é hoje, mas é preciso saber para onde de quer ir; se não sabe o que quer, conheça o que NÃO quer, é um ótimo começo;Não basta seguir. Tenha objetivos e metas realizáveis e a cada etapa vencida, comemore! Viva o hoje intensamente. É a última vez, em toda história, que viveremos o dia
    28/março/2011! Hoje, é o dia mais importante da minha vida!
    Forte abraço. Obrigada pelas reflexões!

    ResponderExcluir
  9. TODO ACUMULO DE BUSCAS CRIA
    VIVÊNCIAS ..NESSA VIVÊNCIA
    NASCE A LIBERDADE EM IGUALDADE
    PELA FRATERNIDADE "SER" VIVA
    EDUCAR PARA LIBERTAR ALMA
    PARA O SORRISO !!!
    FAZ DO UNI-VERSO NOSSO LIVRO
    DE FELICIDADES !
    PENSANDO E AGINDO
    HUMANA--MENTE
    TUDO É POSSIVEL
    DE "SER" ALCANÇADO

    CORDIAL--MENTE
    CLAUDINHA POETA
    LONDRINA BRASIL

    ResponderExcluir
  10. Ola Muricio.Infelizmente o dinheiro e poder mexe com a mente de muitos,que quanto mais tem mais querem sempre na busca incessante de provar nao sei o que.Como consequencia vemos no dia a dia,muitas delas envolvidas com drogas,no intuito de sentir algum prazer e felicidade,pois no mundo real que eles criaram nao existe,uma vez que estao tao ocupados em ganhar mais,mais,achando q serao felizes com o mais e na verdade acontece o contrario.Como diz a Vedanta,uma das mais antigas filosofias do mundo:procurar uma razao para ser feliz e apenas uma outra forma de sofrimento porque est razao pode ser tirada de vc a qualquer minuto.Ser feliz sem motivo e a verdadeira felicidade.Felicidade e um estado de consciencia que existe em cada um de nos.So precisamos acorda-lo.

    ResponderExcluir
  11. Muito bem lembrar nosso querido Rubem Alves e citar essa oportuna passagem..."Aqui e agora ouço o canto do bem-te-vi." Na verdade somos apenas donos do nosso passado, tendo em vista que tudo vira passado, como, por exemplo, o que agora aprendo com voce. A bem da verdade, creio eu, o futuro não existe. É uma simples metáfora que usamos para acomodar projetos e sonhos! Não pisaremos no futuro, e nunca atravessaremos essa linha divisória imaginária. Existe apenas o presente, o agora, que, em relação ao magnifico texto inspirado por ti, me prova a execelencia dessa verdade. Subimos por uma escada infinda a fim de chegar ao futuro, mas não concretizamos o feito... E voce define o pensamento de forma impecavel...
    "É grandioso descobrir de maneira serena, que o futuro não está no ilusório céu de todas as fantasias. O futuro que desenhamos é apenas um lugar incerto, onde não sabemos se um dia poderemos estar. O presente é dádiva."
    E dádiva é ter e abraçar essa oportunidade que voce me trouxe hoje. Parabéns, amigo. Simplesmente, maravilhoso seu trabalho.

    Saudaçoes.

    Marisa Rosa Cabral.

    ResponderExcluir
  12. Caro Maurício, que mensagem linda e emocionante! Deveria ter conhecido o seu blog antes.
    Parabéns!
    Abraços fraternos,
    Flávio Calori, de Arceburgo, MG

    ResponderExcluir
  13. Querido Mauricio... mais uma vez parabéns pelo belo trabalho !!! É um honra para mim, poder dar minha opinião sobre tão belo texto e comovente história.
    Não devemos deixar abater pela tristeza. Todas as dores terminam. Devemos aguardar que o Tempo, com suas mãos cheias de bálsamo, traga o alívio. A ação do Tempo é infalível, e nos guia suavemente pelo caminho certo, aliviando nossas dores, assim como a brisa leve abranda o calor do verão. Mais depressa do que se supõe, teremos a resposta, na consolação que necessitamos.
    Dizem que devemos ser como a água que abre caminho através das pedras: não se oponha ao obstáculo; contorne-o!!! Os que não sabem que caminham na escuridão, jamais verão a luz.Pois o
    conhecimento dá poder, mas só o caráter grangeia respeito.Quem quiser vencer deve aprender a lutar, perseverar e sofrer. A confiança nasce do conhecimento....
    Um grande beijo de LUZ..Tatiana Sevaybricker.;-))

    ResponderExcluir
  14. Ótimo pensamento Maurício, parabéns.
    Lembrei - me daquela passagem Bíblica: Basta o dia de hoje...
    abraço,

    Simone Furlaneto.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar aqui as marcas de sua passagem...
Seus comentários serão sempre bem vindos.