Translate The Blog - Click Here / Traduza o Blog - Clique Aqui

sábado, 5 de fevereiro de 2011

O Mentor Virtual Dentro de Cada Um de Nós...


Por Maurício A Costa*

"Em alguns momentos você poderá encontrar respostas para suas inquietudes nos lugares mais improváveis... É essencial estar preparado para o inusitado... Escute à sua volta ou através de você". ('O Mentor Virtual' - Editora Komedi - Campinas-SP - 2008).



...Quero começar este artigo, citando o depoimento de uma amiga do Facebook, a Giovanna Chiabai, que após a leitura do livro O MENTOR VIRTUAL, gentilmente me enviou o seguinte depoimento: "Maurício, seu livro me transportou em uma viagem além do ordinário, pelo interior dos personagens. De espectadora privilegiada me tornei partícipe de cada história que lia. Por isso o li bem devagar, espaçadamente, em momentos especiais, exclusivos, quando nada mais me consumia.

Em uma viagem pelo interior dos personagens, através da leitura do meu próprio interior, me identifiquei, me encontrei e no silêncio das palavras mudas do seu livro, escrevia, em pensamento, a minha própria história. Percebi que como uma eterna mutante sigo sonhando, querendo, amando e vivendo de forma diferente em momentos diferentes da minha vida.... mas o essencial não muda e é sobre ele que vou construindo a minha marca forte.

É com livros como esse “O Mentor Virtual” que exercitamos o nosso auto-conhecimento, a valorizamos a nossa sabedoria, nossa capacidade de sonhar, voar e ir além dos limites imaginários estabelecidos. E, principalmente, percebemos que não foram grandes guerras que transformaram o mundo. As maiores revoluções partem de dentro de nós. Obrigado pelo verdadeiro presente! Um abraço especial"... (Giovanna Chiabai é Advogada em Vitória-ES - E-mail:  gfchiabai@gmail.com).

Quando escrevi 'O Mentor Virtual', não era intenção minha escrever um livro de auto-ajuda, como alguns à primeira vista possam pré-julgar, e sim criar uma ferramenta que pudesse levar meus leitores a uma reflexão profunda sobre si mesmo, e em especial, sobre o potencial latente de seus valores, como fez a Giovanna. Seu comentário é preciso neste sentido: exercitar o auto-conhecimento, para valorizar a própria sabedoria, e a capacidade de ir além dos limites imaginários. Isso é filosofar sobre a própria existência em um contexto maior que uma simples análise psicológica, para ir além do texto e descobrir-se em cada personagem, como um espelho que vai resgatando sutilmente parte da história de cada um de nós. Como sabemos, nosso subconsciente guarda informações preciosas, não apenas da nossa vivência, mas especialmente, daquilo que vivenciou nossa alma, a essência do que somos, através de milhares de gerações que nos antecederam. 

Tal qual o Lótus, que extraindo sua força da lama fétida de suas raízes, é capaz de manifestar extraordinária e incomparável beleza na flor que revela sua face exterior, assim cada um de nós, transmutando matéria degradável em algo sublime, que se eterniza no legado que sejamos capazes construir a partir do nada. Esse é o princípio básico da verdadeira alquimia. Nisso consiste todo processo evolutivo humano. Um desafio que transcende a visão imediatista da simples sobreviência como meros animais, para nos transformar em deuses, ou à sua imagem e semelhança, muito acima da materialidade.

O 'Mentor Virtual' é apenas um personagem que criei a partir da síntese de todos mestres que passaram pela minha vida. Não há nada de sobrenatural ou fantasmagórico em sua figura. Ele é o resultado do amálgama criado pela fusão de diferentes idéias e conceitos, apreendidos através de centenas de livros absorvidos ao longo de uma existência, ou do contato direto com seres especiais com quem aprendi algo novo, diferente ou complementar. Portanto, nada impede que cada um tenha seu próprio 'mentor virtual', que o acompanha ao longo da jornada, mostrando caminhos e apontando direções. Todavia, como a maioria de nós carrega características animais como as de um alce, ou de uma mula, que nos torna cínicos e indiferentes, ou resistentes à mudanças, escutamos mas não damos ouvidos, refletimos mas não colocamos em ação, dizemos acreditar mas não transformamos o que acreditamos em algo concreto. Por conta disso, muitos seguem na mesma batida de sempre, ignorando suas vozes internas, alheios aos anseios que trazem latentes, fazendo-se de surdos à própria alma, que em silêncio espera por libertar-se da lama negra do inconsciente para surgir como algo magníficamente belo. Um milagre que só nós mesmos podemos operar. A tomada de consciência decisiva que modifica a percepção para sempre e nos faz compreender o verdadeiro sentido efêmero, e grandioso da vida.

Escrever a própria história é a essência da própria liberdade de ser, a personificação do livre arbítrio que modifica um destino pré traçado por condições ambientais ou genéticos. Uma postura, no entanto, que necessita algumas vezes ser provocada por estímulos externos, de 'mentores' que nos cercam a cada momento. Neste ponto, 'O Mentor Virtual' repete o grande pensador alemão Johann Wolfgang 'Goethe'(1749-1832): "se eu te aceitar como és, tornar-te-ei pior; contudo, se eu te tratar como sendo o que és capaz de se tornar, ajudo-te a se modificar". Lamentavelmente, há uma enorme diferença entre entender e aplicar aquilo que se aprende, e por conta disso, se desperdiça tranto tempo e recursos em treinamento. Como diz certo ditado popular americano, 'não tente ensinar um porco a cantar, pois você se sentirá frustrado, e ainda por cima, deixará o porco irritado'. Todo esforço é desperdiçado também, quando o novo é rechaçado de maneira dogmática, por conta de arraigados paradigmas. A resistência ao que vem de fora por pura birra, ignorância ou vaidade, é a restrição que limita a evolução e a compreensão de novas alternativas, e uma visão ampliada do mundo, mantendo maravilhosos seres humanos prisioneiros das próprias intransigências.

"Muitos dos conceitos elaborados são como sinfonias que compomos a partir de sons, palavras e imagens que vão se interligando em nossa mente, captadas por nós mesmos ou por intermédio de nossos ancestrais, e que permanecem latentes no fundo do nosso inconsciente, para se revelarem no momento oportuno". ('O Mentor Virtual' - Pág. 78 - Editora Komedi - Campinas-SP - 2008). Por essa razão, é imperativo que mergulhemos fundo para dentro de nós mesmos, nessa busca frenética por nossa identidade, para definir quem somos e o que desejamos alcançar. Lá descobriremos um 'mentor virtual' que nos mostrará o caminho, sob a forma de intuições, sonhos ou revelações inusitadas, a cada instante da jornada. Basta prestar atenção, e não subestimar aquilo que pareça mera casualidade, porque "tudo está intimamente ligado. Cada mínimo elemento carrega em si um relevante e decisivo papel para que o extraordinário aconteça, num espetáculo de infinitas possibilidades". ('O Mentor Virtual', Pág. 21 - Editora Komedi - Campinas-SP - 2008).

Leila Diniz
Para construir a sua marca, seja ela pessoal ou empresarial, é decisivo quebrar paradigmas; implica muita ousadia para romper com preconceitos, tabus e dogmas que se tornaram arraigados. É um ato de coragem mergulhar em si mesmo em busca de respostas para coisas que sequer se sabe perguntar. É uma postura de grandeza e humildade rever conceitos com determinação para modificá-los se necessário. Preste atenção ao mundo em volta de você e irá descobrir como é parte inseparável dele; por isso, muitas das informações aleatórias que recebe podem ser poderosos insights a despertar a força interior capaz de produzir mudanças significativas em sua vida e na de muitos que o cercam. "Cada um de nós carrega um 'mentor virtual' em potencial. Basta nos propormos a aprender captar os sinais do mundo a nossa volta; colecionar com paciência tudo aquilo que nossos corações identifiquem como sabedoria" ('O Mentor Virtual' - Pág. 189) - Editora Komedi - Campinas-SP -2008). No caminho você encontrará a verdade. A verdade irá revelar a vida em toda sua essência e beleza; e ao sentir-se parte de tudo isso, saberá como transmutar a pesada matéria que o aprisiona em algo leve e eterno. Descobrirá que a história não tem fim quando percebemos que os personagens à nossa volta são ficções da nossa mente; que na verdade os criamos a cada momento, e como tal, tornam-se extensões de nós mesmos. Somos assim, criaturas e criador ao mesmo tempo. Autor e platéia, em um show ao vivo e sem ensaios, sem ontem ou amanhã, apenas um agora que se estende para sempre.
_______________________________

*Mauricio A Costa, é Estrategista para alavancagem de receitas e rentabilidade. Sua experiência internacional está focada em assuntos ligados ao pensamento estratégico voltado à inovação, criação de valor agregado, e fortalecimento de marcas - comercial ou corporativa. Está disponível, sob consulta, para atuar como Executivo, Estrategista, ou Membro do Conselho de Empresas de qualquer porte.

É o idealizador do 'Projeto Mentor Virtual', empreendimento comprometido com o despertar da consciência humana, a valorização da vida e o apoio à construção da marca pessoal. Suas palestras, seminários e workshop - presenciais, 'in-company', ou por vídeo conferência - estão disponíveis, sob consulta, para associações, universidades, escolas, ou empresas em qualquer região ou país. 






7 comentários:

  1. MUITO BOM !!!!!
    O auto-conhecimento nos serve pra ver além da imagem que o espelho nos mostra. E você consegue nos fazer refletir sobre a imagem que estamos vendo e o que ela realmente é, no imtimo.
    bjos

    ResponderExcluir
  2. adorei eu blog...muito bom... e o visitei pois estou vivendo um periodo de grandes aborrecimentos e quero ler algo que me ajude a sair da fossa..

    bjos

    ResponderExcluir
  3. Estou aguardando com ansiedade o meu livro chegar aqui em New York,assim poderei compartilhar melhor com mais detalhes.Um abraco,Sadira.

    ResponderExcluir
  4. O teu-meu livro está guardado num lugar especial, perto dos olhos ,para quando o espírito precisar . Amei a citação do Goethe e tua dissertação a respeito dela.Destaque especial para o gran finale. Salvei aqui ! Bjo

    ResponderExcluir
  5. ADOREI AS COLOCAÇÕES DA GIOVANNA ,PRINCIPALMENTE QUANDO ELA FALOU SOBRE A IMPORTÂNCIA DESSA "REVOLUÇÃO" INTERNA QUE ACONTECE EM NÓS QUANDO TEMOS A NOSSA VISÃO AMPLIADA E ABERTA A MUDANÇAS !!
    NA VERDADE,TODAS AS NOSSAS CÉLULAS ESTÃO EM CONSTANTES RENOVAÇÕES...POR QUE NÃO AS ACOMPANHARMOS??
    MAURÍCIO,TAMBÉM FIZ UMA GRANDE ANÁLISE PESSOAL APÓS SEUS PRECIOSOS TEXTOS E VI QUE PASSEI A TER MAIS CORAGEM DE EXPOR O QUE REALMENTE PENSO E ACREDITO NO MOMENTO,ENTENDENDO SER ISSO FUNDAMENTAL PARA EU CRIAR A MINHA MARCA PESSOAL! SUAS ENTREVISTAS TELEVISIVAS TAMBÉM FORAM DE GRANDE UTILIDADE PESSOAL E PROFISSIONAL!ETERNAMENTE GRATA,SUA FÃ NUMBER 2,MARISA!!!UM ABRAÇO! MARISA GAZZI XAVIER(SOROCABA-SP)

    ResponderExcluir
  6. Olá adorei seu blog. Faça um visitinha no nosso, e seja mais um membro você é nossa convidade especial. http://poetarenatodouglas.blogspot.com/

    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Mauricio.....
    Sinto um 'Vulcão' em minha alma pronto para entrar em erupção...! CARPE DIEM!!!

    Abçs. carinhosos.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar aqui as marcas de sua passagem...
Seus comentários serão sempre bem vindos.