Translate The Blog - Click Here / Traduza o Blog - Clique Aqui

sábado, 22 de maio de 2010

Sabedoria. A Essência Verdadeira de Uma Marca Forte



Por Maurício A Costa*

"Feliz é o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire entendimento; pois melhor é o lucro que ela dá do que o lucro da prata, e a sua renda do que o ouro". (Prov. 3:13-14)


"Por sabedoria entendo a arte de tornar a vida o mais agradável e feliz possível." (Arthur Schopenhauer, filósofo alemão. 1788-1860)


Quero iniciar este artigo chamando a atenção para uma questão de semântica, o ramo da linguiística que se dedica ao estudo do sentido das palavras; algo extremamente valorizado por todos os grandes sábios da humanidade, mas lamentavelmente subestimado pela maioria dos seres humanos, que por necessidade ou ignorância se deixam manipular por interpretações equivocadas que atendem a conveniência de alguns. Grandes Mestres como Jesus Cristo, Confúcio ou Buda carregavam tamanha preocupação com o poder das palavras que procuravam ensinar preferencialmente por meio de alegorias, metáforas ou parábolas, visando ‘materializar’ expressões aparentemente abstratas como valores, vontade, poder, ou beleza (só para citar algumas). Uma vontade de ferro, por exemplo, não representa um produto do reino mineral, mas, uma idéia expressa sob a forma de metáfora, para algo forte. Outro exemplo significativo é o uso da expressão ‘reino dos céus’ por Jesus Cristo.

Uma idéia que não se referia a um local específico em outro planeta ou galáxia, mas indicava que o ‘reino de Deus’ estava associado à felicidade, à saúde, ao estar bem, à paz, e harmonia entre os homens, uma vez que ele comparava o ‘reino dos céus’ a coisas pequeninas como ‘um grão de mostarda’ ou a uma ‘porção de fermento’. Algo que por menor que possa parecer, é capaz de produzir visíveis transformações.

Um dos casos mais expressivos de deturpação de linguagem é a palavra sabedoria’; confundida por alguns como inteligência ou corrompida por muitos como esperteza’.


A inteligência pode ser definida como a capacidade intelectual para encarar o novo e resolver situações problemáticas ou desafiadoras com base na percepção ou conhecimento, como por exemplo, transformar um simples carrapicho numa ideia inspiradora para o revolucionário conceito do 'velcro'. Já a esperteza tem a ver com o uso da inteligência de forma astuta, com o propósito de ludibriar, ou enganar o outro, especialmente por meio da sutileza das ações, como a manha ou o disfarce. A mistura da inteligência com a esperteza é considerada de maneira duvidosa por alguns como sagacidade ou perspicácia; um refinamento humano para uma característica animal de sobrevivência chamada camuflagem. Não queremos ser levianamente puritanos para afirmar que a esperteza seja uma capacidade maliciosa, mas apenas considerá-la como uma habilidade egoísta para tirar proveito de alguma situação em detrimento do outro.


A sabedoria, tradução da palavra grega ‘sofia’ cujo vocábulo significa ‘aquilo que detém o homem sábio’ é uma expressão de muito maior amplitude, pois insere em seu contexto uma visão holística, termo que vem do grego ‘holos’ que significa ‘todo’, ou seja, uma compreensão que contemple uma análise ampliada da essência das coisas e que representa a síntese de valores significativos para a existência humana. Para aqueles que gostam de ler, eu recomendo o livro 'O Mundo de Sofia', do autor  norueguês Jostein Gaarder, onde ele faz uma abordagem da 'sabedoria' sob o ângulo da filosofia, numa linguagem simples, mas a provocar intensa reflexão sobre o tema.

Como ensina meu mestre e personagem virtual: “A sabedoria não é algo que serve para um e não sirva para outro. Tampouco é uma colcha de retalhos que cresce à medida que qualquer um de nós vá inventando ou acrescentando algo novo. Ela é Universal. Poderosa e Única. Pode ser acessada por qualquer um, em qualquer lugar do planeta, a qualquer momento. Simultaneamente! Ela não depende de você; é você quem depende dela. Não é você que a completa, porque ela já é completa em si mesma. Você apenas a detecta e aos poucos vai descobrindo como ela se encaixa na sua vida e no seu limitado conhecimento. E, a partir dessa fusão, sua vida e todos os seus parâmetros mudam completamente de maneira surpreendente”. (O Mentor Virtual – Pág. 133 – Ed. Komedi – Campinas-SP – 2008). Uma interessante metáfora a definir Deus de uma maneira paradoxalmente grandiosa e simples.


A sabedoria diz respeito exclusivamente à revelação da essência da verdade presente em cada mínima fração do universo. De um simples grão de areia ao metabolismo de um elefante, de uma semente de mostarda à maior de todas as estrelas tudo contém energia pulsante. Vida se manifestando pela combinação extraordinária de elementos individuais que fazem parte de um todo extraordinário que se expande sem fronteiras tal qual a massa afetada por um uma gota de fermento. Se considerarmos a sabedoria como ‘a verdade e a vida’, não poderemos jamais considerar a inteligência ou muito menos a esperteza como seus sinônimos. A inteligência é neutra por ser considerada apenas um ‘caminho’ para que a sabedoria se manifeste para gerar vida, mas a esperteza faz parte de um processo de crescimento anômalo de um organismo doentio, uma vez que apenas sobrevive e cresce à custa da seiva ou energia de outros organismos.

Os políticos de uma forma geral, assim como algumas religiões, e muitas empresas fizeram da esperteza seu lamentável processo de crescimento. Afastaram-se da sabedoria que promove a vida, o estar bem consigo mesmo, a paz, e a harmonia com seus semelhantes, para embrenhar-se numa luta desesperada pelo poder material que não produz nada além do prazer solitário. Esquecidos de que “a realização pessoal é algo abstrato, que transcende meras reações instintivas ou animais” (O Mentor Virtual – Pág.33-Ed. Komedi - Campinas-SP - 2008).


Não pretendemos discutir neste momento o que é certo ou errado, uma vez que essa é uma visão pessoal; da coerência que cada um carrega dentro de si mesmo como valores. A questão a ser analisada é a forma espúria ou no mínimo egoísta como o crescimento desmedido de um organismo, ser humano, ou empreendimento se desenvolve em detrimento de outro ou de outros, rompendo a ordem natural das coisas ditadas pela sabedoria, que visa estabelecer sincronismo para a perfeita sintonia do 'todo' em busca de seu equilíbrio; palavra mágica que a define.


Marcas construídas sob a proteção da enganação ou esperteza não sobrevivem. Duram enquanto durar a propagação da mentira, mas não subsistem ao tempo. Seja ela uma marca empresarial, corporativa ou pessoal, será fadada ao fracasso. Marcas Fortes são aquelas sustentadas por uma visão de sabedoria, embasadas em valores que garantem equilíbrio, e acima de tudo credibilidade; sem imediatismo ou atalhos, pois “O extraordinário consiste em construir algo que atravesse o tempo e o espaço convencionais” (O Mentor Virtual – Pág. 33-Ed. Komedi - Campinas-SP - 2008).


A sabedoria é onipresente, onisciente, e onipotente. É a pura essência contida em todas as coisas ao seu redor e acessível a todos, independente do nível cultural, credo, ou poder econômico. Ela é o poder verdadeiro por trás de uma marca construída em bases sólidas.
__________________________


_____________________________________________________________



*Mauricio A Costa, é Estrategista. Sócio Fundador da SUPPORT BRANDS, empresa de projetos e assessoria para alavancagem de receitas e rentabilidade. Sua experiência internacional está focada em assuntos ligados ao pensamento estratégico voltado à inovação, criação de valor agregado, e fortalecimento de marcas - comercial ou corporativa. Está disponível, sob consulta, para atuar como Executivo, Sócio, ou Membro do Conselho de Empresas de qualquer porte.

É o idealizador do 'Projeto Mentor Virtual, organização comprometida com o despertar da consciência humana, a valorização da vida e o apoio à construção da marca pessoal. Suas palestras, seminários e workshop - presenciais, 'in-company', ou por vídeo conferência - estão disponíveis, sob consulta, para associações, universidades, escolas, ou empresas em qualquer região ou país. 

5 comentários:

  1. Boa noite!!!!
    Tudo passa pelo crivo da minha razão, a principío gostei , mas como vc mesmo diz só o tempo e os próximos e-mail serão capazes de eu me aprofunadr e concluir.

    Um abraço fraterno,
    Ju.

    ResponderExcluir
  2. Joana Darc Azevedomaio 23, 2010

    Mauricio,

    Adorei essa matéria, façodas suas palavras o queeu sempre pensei e meu pai sempre falava isso ...A sabedoria é onipresente, onisciente, e onipotente. É a pura essência contida em todas as coisas ao seu redor e acessível a todos, independente do nível cultural, credo, ou poder econômico.

    Maravilhosas suas matérias!!

    Parabéns.

    Abç.

    Joana.

    ResponderExcluir
  3. Maurício, você falou em duas palavras mágicas: sabedoria e equilíbrio. O que é a vida senão a busca destes atributos em nós mesmos? Somos na maioria das vezes inteligentes, mas sábios nem sempre. Nossas emoções são por vezes traiçoeiras e nossa vaidade, muitas vezes cala nossa razão.
    Belo seu texto. Verdadeiro como um punhal.
    Necessário ler e reler muitas vezes para compreender e apreender. Porém, acho que a sabedoria, é algo que vem com o tempo para alguns e com a necessidade de melhorar nossas relações com o mundo a nossa volta.
    Felizes os que percebem isto cedo.
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Em breve visita ao seu blog, fiquei maravilhada com a riqueza dos artigos publicados. Vários deles eu postei em meu face, haja vista a profundidade dos ensinamentos. É maravilhoso e um grande privilégio ter ao nosso alcance, um blog de tamanha importância. Um trabalho que deve ser divulgado por sua função de tornar nosso mundo menos complexo. Tudo em nossas vidas deve se fundar no equilíbrio e sabedoria. Obrigada por me proporcionar a grata oportunidade desse aprendizado.

    ResponderExcluir
  5. ""A sabedoria é onipresente, onisciente, e onipotente. É a pura essência contida em todas as coisas ao seu redor e acessível a todos, independente do nível cultural, credo, ou poder econômico. Ela é o poder verdadeiro por trás de uma marca construída em bases sólidas.""

    visitei,li, ouvi e me enacantei...

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar aqui as marcas de sua passagem...
Seus comentários serão sempre bem vindos.