Translate The Blog - Click Here / Traduza o Blog - Clique Aqui

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Seja o Autor da Sua Própria História





Por Maurício A Costa*



"... o ego deve, por fim, libertar-se da inconsciência e da imaturidade e a sua 'batalha pela libertação' está muitas vezes simbolizada na luta do herói contra o monstro". (Jung, Carl Gustav - O homem e Seus Símbolos - Pag. 118 - Editora Nova Fronteira - Rio de Janeiro - 2002).




______________________________


O Facebook tem sido meu laboratório nas últimas semanas. Um espaço fantástico para conhecer centenas de maravilhosos seres humanos numa busca virtual por algo que nem sempre conseguem definir. Cada um deles com suas próprias fantasias e aspirações. Nos rostos, nas palavras, nas escolhas, uma infinidade de pistas que levam direto à alma; revelando que, "Tudo está intimamente ligado. Cada mínimo elemento carrega em si um relevante papel para que o extraordinário aconteça, num espetáculo de infinitas possibilidades" (O Mentor Virtual - Pág. 265 - Ed. Komedi - Campinas-SP - 2008).

Nesses momentos iniciais, torno-me apenas como diria Milton Nascimento, uma espécie de 'caçador de mim'; um nômade das estrelas, perdido em meio a tantas opções, onde milhares, talvez milhões, de seres como eu, navegam de forma quase aleatória nesse universo infinito de imponderáveis caminhos, surpresos com as mais diferentes reações e posturas de pessoas que sequer imaginavam existir. "Uma história sem fim, na qual somos ao mesmo tempo autores, atores e platéia, com o poder de definir o próprio enredo e decidir entre ser o ator principal ou apenas mero coadjuvante". (O Mentor Virtual - Pág. 264 - Ed. Komedi - Campinas-SP - 2008).

Numa espécie de odisseia intergalática, lutamos tal qual guerreiro espacial para nos livrarmos do ser primitivo que carregamos. Lançamo-nos sem trégua numa batalha pessoal para alcançar uma consciência maior de nós mesmos. Procuramos dar vida a esse 'herói' solitário citado por Carl Jung, simbolizado pela essência daquilo que buscamos, na luta sem tréguas, contra uma legião de desconhecidos inimigos íntimos; monstros ou demônios (cada um de nós tem sua forma própria de identificá-los), construídos nas profundezas das mais escuras cavernas de nosso inconsciente ao longo de milhões de anos; porque "a alma é a síntese da evolução do ser, através de infindáveis gerações. Sedenta por livrar-se da escuridão da matéria na qual se originou, viajando em busca de respostas para coisas que sequer sabe perguntar" (O Mentor Virtual - Pág. 194 - Ed. Komedi - Campinas-SP - 2008)

Esses espaços cibernéticos do Facebook, Orkut, Twitter, e outros do gênero, tornaram-se plataformas de encontros de pequeninas naves individuais que pousam e decolam por alguns minutos, após voarem por espaços desconhecidos na velocidade da luz, levando e trazendo mensagens de toda espécie. "Como numa fábula, cada personagem dessa fantástica história, ao ganhar vida, tem a primazia de fazer suas próprias escolhas e realizar seus mais extravagantes sonhos, ainda que cercados de surpreendentes fantasias" (O Mentor Virtual - Pág. 265 - Ed. Komedi - Campinas-SP - 2008). O propósito único de cada um dessas 'personas' é transcender a matéria para dar significado à própria vida, e deixar após sua efêmera passagem um legado, (sua marca registrada) que a torne lembrada para sempre, e a conduza à eternidade.

Construir a marca pessoal é a forma de exteriorizar o poder da força interior que carregamos. Não diz respeito apenas à vaidade pessoal, ou a ganância financeira para usufruir de bens materiais de toda espécie. A marca pessoal é a parte visível do nosso 'herói' vindo à tona. Ela é o 'símbolo' externo da expressão de nossa alma, naquilo que ela tem de melhor. O propósito da nossa existência consiste basicamente em criar esse 'símbolo transcendente' que represente nossa meta maior, que é exteriorizar a plena potencialidade do ser. Citando Paul Klee, considerado o poeta dos pintores modernos, concordamos que:"Não é apenas questão de reproduzir o que se vê, mas de 'tornar visível tudo o que se percebe secretamente".

A marca pessoal é a exteriorização do símbolo que representa esse nosso herói interior. A essência daquilo que somos. A nossa alma.

O que você está fazendo neste momento por sua marca pessoal?

Lembre-se: "Apenas a você cabe definir seu destino. Não delegue isso jamais!" (O Mentor Virtual - Pág. 265 - Ed. Komedi - Campinas-SP - 2008)




*Mauricio A Costa, É estrategista para projetos de ‘alavancagem’ de receitas e rentabilidade. Sua experiência internacional está focada em assuntos ligados ao pensamento estratégico voltado à inovação, criação de valor agregado, e fortalecimento de marcas - comercial ou corporativa. Está disponível, para atuar como Executivo, Assessor, Sócio, ou Membro do Conselho de Empresas.

É o idealizador do Projeto Mentor Virtual; organização comprometida com o despertar da consciência humana, a valorização da vida e o apoio à construção da marca pessoal. Suas palestras, seminários e workshop - presenciais, 'in-company', ou por vídeo conferência - estão disponíveis, para grupos, associações, universidades, escolas, ou empresas em qualquer região ou país.
Contatos: mauriciocosta@uol.com.br




15 comentários:

  1. As comunidades de relacionamento on-line como Facebook, Orkut, Twitter, entre outros, são de fato locais de constante formação da marca pessoal. Seria interessante portanto, analisarmos cada um de nós nossos próprios "Profiles", e fazermo-nos uma auto-críticia e observarmos então se estamos satisfeitos da maneira como nossa marca pessoal é percebida aos olhos dos outros que nos cercam, sejam amigos, família, colegas de trabalho, ou mesmo pessoas que ainda não conhecemos, mas que seriam muito interessantes de se conhecer (tanto pessoal como profissionalmente). Além disso, perguntar-se se realmente somos aquilo tudo que diariamente ali declaramos ser.

    ResponderExcluir
  2. Entre tantas emoções percebidas por este novo mundo de emoções, nasceu as obras de minha série NA TERCEIRA MARGEM, AMOR E DESEJOS...a busca consciente ou incosciente da emoção maior: o amor.
    Cores, formas pertencentes a simbologia mundial...percepções...Jung, Klee, Mauricio A. Costa...observadores do admiravel mundo novo.
    Parabéns Maurico pelo artigo!!
    Rose Canazzaro

    ResponderExcluir
  3. Entre tantas emoções percebidas por este novo mundo de emoções, nasceu as obras de minha série NA TERCEIRA MARGEM, AMOR E DESEJOS...a busca consciente ou incosciente da emoção maior: o amor.
    Cores, formas pertencentes a simbologia mundial...percepções...Jung, Klee, Mauricio A. Costa...observadores do admiravel mundo novo.
    Parabéns Maurico pelo artigo!!
    Rose Canazzaro

    ResponderExcluir
  4. "Quando sou honesta, admito que sou um amontoado de paradoxos. Creio e duvido, tenho esperança e sinto-me desencorajada, amo e odeio, sinto-me mal quando me sinto bem, sinto-me culpada por não me sentir culpada,sou confiante e desconfiada, honesta e ainda assim,tenho me sentido angustiada,diante da demagogia exagerada,da sutil hipocrisia...E em minha defesa nada tenho a dizer..já q.me sinto familiarizada em todas comunidades...lamentável condição a minha....by dil

    ResponderExcluir
  5. Comentário postado no Facebook:

    Rita Maluf comentou sua mensagem no mural:

    "Prezado Mauricio,li a matéria e fiquei fascinada com sua visão e interpretação.Estudei Carl Jung por ser Astróloga terapêutica,mas seu ponto de vista sobre o ser humano é admirável.
    Suas citações abaixo são simples e falam tudo.
    Parabéns!!!
    "Sedenta por livrar-se da escuridão da matéria na qual se originou, viajando em busca de respostas para coisas que sequer sabe perguntar"
    "Apenas a você cabe definir seu destino. Não delegue isso jamais!"
    Entre muitas que me tocaram o coração.
    bjos"

    ResponderExcluir
  6. O fenômeno das relações virtuais sem dúvida revela paradoxos sem precedentes. Ao mesmo tempo que demonstra a aparente solidão latente em cada individuo e parece estimulá-la, revela uma única verdade: a necessidade do ser humano de se viver em grupo, de ser coletivo. E ainda que tenhamos a liberdade de assumir uma nova personalidade, mesmo usando de máscaras, mentiras e outras alegorias, conseguimos apenas revelar mais daquilo que somos como em um espelho capaz de refletir a alma. Na vida real isso não é possível por mais que se diga a verdade.

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito da sua postagem e de TODOS os comentários acima. Muito verdadeiros e se somados traduzem tudo o que queremos ou tentamos mostrar ao vivo ou porque não virtualmente?
    Somos seres múltiplos e por vezes amedrontados com nossos insights.E como já disseram acima, a vida real é prá lá de complicada........

    ResponderExcluir
  8. É impressionante como palavras escritas com tamanha sensibilidade, consegue trazer á tona sensações que achava que estavam esquecidades, diante desse corre corre diário de nossas vidas, obrigado, estou reavaliando hoje, diversos ponto de vista, para ver como anda minha vida pessoal e profissional.
    Sucesso sempre!!

    ResponderExcluir
  9. Cláudia Fiuzaabril 10, 2010

    Prezado Mauricio
    Lendo o seu texto acima nos damos conta da necessidade que temos de interagir com os amigos e os novos amigos do facebook. Descobrimos pessoas tão especiais que tocam no mais profundo do nosso ser, pessoas com as quais nunca trocamos uma palavra. Interessante no facebook é termos a oportunidade de conhecermos pessoas que temos afinidades .Adoro ler e fazer alguns comentários mas diante do que voce escreveu me sinto sem palavras. Um abraco

    ResponderExcluir
  10. bom dia Mauricio, obrida por te mim aceitado como amiga. Tenho muita sorte de encontrar pessoas como voce,que nos passa coisas positiva e aproveitosas,isso eu aprecio,que Deus continua te dando boas entuiçoes.Desculpe os erros do porgues,abraços ! Atè breve!

    ResponderExcluir
  11. LEANDRA CUNHAabril 11, 2010

    GOSTEI MUITO DA SUA POSTAGEM.NA PRIMEIRA OPORTUNIDADE,VOU ADQUIRIR ESTE LIVRO.E VOU DIVULGÁ-LO,TAMBÉM!
    OBRIGADA.

    ResponderExcluir
  12. obrigada por dividir tudo isso ,precisamos de pessoas como voce neste planeta,para poder entender melhor a vida,susesso abs

    ResponderExcluir
  13. Mauricio
    Estou passando por um momento só meu, eu com o meu eu...É um pouco conflitante,mas o importante é que estou buscando...O seu texto acima é muito profundo como as águas do rio São Francisco.Um abraço

    ResponderExcluir
  14. Maurício,
    Neste universo particular das redes sociais é que nos conectamos a pessoas distantes que se tornam próximas, e é também onde as próximas se tornam distantes. Onde está o limite de cada um? Onde estão tantos universos, que quando reunidos se mesclam por magia e fazem acontecer, ainda que por magia, fatos conhecidos em universos desconhecidos? Há muito ainda para explorarmos, mas é fato que a nossa marca pessoal estará sempre lá, como que um código de barra, ou uma impressão digital cibernética. Precisamos cuidar de tudo isso com muito carinho, cuidado e atenção. Como será o futuro das nossas marcas pessoais?
    Um beijo grande, Alessandra

    ResponderExcluir
  15. Mauricio voce expressou de forma esplêndida, o universo dos sites de relacionamento!
    Em poucos minutos que aqui estou me delicio com suas mensagens!
    "Sempre que conhecemos alguém pela sua bondade e sabedoria, alem da admiração, devemos também imita-lo...Irei com certeza aprender muito aqui com voce. Obrigada de coração!

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar aqui as marcas de sua passagem...
Seus comentários serão sempre bem vindos.